Abril 14, 2021

Centro de controlo unificado para túneis e estradas

 


Àngel Fernández


Real Time and GISIZE Solutions Manager Engenheiro industrial especializado em automatização e controlo industrial. Com conhecimentos em sistemas SCADA, comunicações industriais, sistemas de controlo distribuído e PLC. É responsável pela linha de negócios de Real Time Management e pela solução de infraestruturas GISIZE.


A gestão de túneis e autoestradas, devido à sua complexidade e necessidade de interação com múltiplos tipos de utilizadores, é um exemplo claro de onde é possível ver as vantagens de trabalhar com um Centro de Controlo Unificado (UOC ou Unified Operations Center).

Um Centro de Controlo Unificado num túnel vai muito além da monitorização e do controlo dos ativos que fazem parte do túnel, mas é capaz de proporcionar uma vantagem competitiva, não só ligada às operações, mas a partir de um ponto de vista global da infraestrutura.

De que forma pode um UOC contribuir para a gestão de um túnel ou autoestrada?

Inicialmente, o conceito UOC incorpora uma camada que funciona como o «núcleo» do sistema e que é responsável por integrar todos os ativos que fazem parte do túnel. Alguns exemplos são:

  • Iluminação e sinalização.
  • Semáforos e barreiras.
  • Painéis de sinalização variável.
  • Gravadores de vídeo e sistemas DAI.

Esta camada está encarregada de executar de forma nativa todas as funções básicas de gestão que o túnel deve ter: aquisição de dados, controlo do equipamento, execução de lógicas de negócio e de segurança, historização dos dados, geração de alarmes, etc., e disponibiliza-as às camadas superiores que atuam como clientes na arquitetura. Além disso, esta camada de backend trabalha com arquiteturas totalmente redundantes aumentando assim a disponibilidade do túnel.

Em segundo lugar, e como camada acima do “núcleo” do Centro de Controlo Unificado, as diferentes peças que compõem o UOC são fornecidas em módulos aos utilizadores. Algumas das principais funções do UOC num túnel são as seguintes:

I Visualização multiecrã, multiplataforma e por utilizadores.

  • O centro de controlo unificado é uma plataforma transversal e de uso comum para todos os utilizadores, é por isso que um UOC oferece a possibilidade de visualizar a mesma aplicação gráfica em formatos diferentes: formato multiecrã para um videowall, formato Workstation para operadores de salas de controlo e formato móvel/tablet para operadores que estão fisicamente no terreno.
  • A aplicação está equipada com capacidades multiconteúdo: para poder mostrar tanto o estado (SCADA) do túnel, dashboards com KPI chave, tendências e históricos, incidentes ativos, câmaras e vídeo, ordens de trabalho de manutenção, ativos georreferenciados, etc.
  • Além disso, o sistema UOC é capaz de modificar a visualização oferecida a cada operador uma vez que funciona com grupos de utilizadores e com atribuição de autorizações e capacidades.

I Gestão avançada de incidentes com planos orientados.

Uma das funcionalidades do UOC é unificar o controlo das operações, e a gestão avançada de incidentes é uma delas. Com o módulo de gestão de planos da GISIZE, o operador do túnel consegue centralizar a criação de fluxos de trabalho e planos de trabalho que atuem quando ocorre um incidente específico e que permitam orientar o operador na resolução dos incidentes, fornecendo instruções manuais e ações que se realizam em cadeia automaticamente.

I Envio de alertas e integração com equipamentos de terceiros.

Outra das funcionalidades de um UOC aplicada a túneis é a possibilidade de criar fluxos de trabalho de alto nível que tomem decisões tendo em conta fatores de segurança, negócio, horários ou inputs dos operadores e que sejam capazes de enviar alertas através da integração com API de terceiros, como forças policiais ou bombeiros.

I Análise detalhada de incidentes e comportamentos históricos.

Uma funcionalidade essencial de um centro de controlo unificado de túneis é a capacidade de analisar eventos passados no mesmo ecrã do SCADA. Para isso, uma funcionalidade muito útil é ter uma ferramenta que implemente o efeito moviola, reconstrução ou SCADA Playback. Isto não seria possível sem uma gestão de dados históricos e um conjunto de ferramentas para poder explorá-los.

I Gestão do equipamento de manutenção e ordens de trabalho.

Finalmente, a integração com o sistema GMAO de manutenção e a exploração do estado dos equipamentos de manutenção é uma parte fundamental que faz parte de um centro de controlo unificado.

Em suma, um centro de controlo unificado de um túnel ajudará a unificar e otimizar o controlo das operações relacionadas com o funcionamento do túnel, segurança, gestão de incidentes, análise forense e integração com diferentes tipos e classes de utilizadores operadores.

Se quiser saber mais ou se tiver alguma dúvida sobre o Centro de Controlo Unificado Wonderware, não hesite em contactar os nossos especialistas.